top of page
  • Foto do escritorAdmin

Educação e tecnologia

Atualizado: 18 de jan. de 2023

O Brasil tem cerca de 17,3 milhões de cidadãos com algum tipo de deficiência, o que equivale a 8,4% da população em geral. Mais da metade (67%) dessas pessoas não têm instrução ou não concluíram o ensino fundamental. E a tecnologia pode ajudar muito a reverter esse quadro!


tecnologia educacao pessoas com deficiencia pcd

"O desenvolvimento de aplicativos, softwares e websites de ensino on-line dá liberdade ao aluno com restrições físicas e promove a inclusão socioeducativa, permitindo que tanto o estudante como o professor flexibilizem o ensino e tenham maiores resultados através da tecnologia assistiva", diz o especialista em tecnologia da inovação Andre Aziby Camilo Maffra.

Também surgem novas ferramentas, que variam de dispositivos mecânicos simples a software e hardware sofisticados, como gravadores de áudio, dispositivo de escuta pessoal, programas com sistema de voz, teclados especiais, apps de jogos, software de conversão de texto e fala. Essas são apenas algumas das soluções interessantes para alunos com limitações físicas, professores e família. Esses dispositivos tecnológicos podem assistir pessoas com deficiências cognitivas, auditivas, visuais, físicas, motoras e mentais na construção do conhecimento e desenvolvimento social.


É lógico que a infraestrutura tecnológica exige um grande investimento financeiro e, infelizmente, ainda está longe de ser a realidade da maioria das escolas - especialmente na rede pública. Mas é importante frisarmos por aqui a importância desse investimento e a diferença que a educação com auxílio da tecnologia pode fazer na vida de milhares de pessoas.


Por aqui, seguimos acreditando na tecnologia como grande aliada da educação e fazendo o que está ao nosso alcance para que isso seja acessível para cada vez mais pessoas. Como a gente sempre diz: podem contar com o ROE ♥



11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page